Entrevista com Maria Blase, Presidente de HVAC e Transportes da Ingersoll Rand para a América Latina

postado em: Entrevistas | 0


Nesta semana tivemos a oportunidade de conversar com a Maria Blase, Presidente de HVAC e Transportes da Ingersoll Rand para a América Latina. Veja como foi:

 

1 – Maria Blase, ano passado, durante o COP Paris, tivemos pela primeira vez o “Building Day” na programação oficial do evento. O resumo da discussão foi a implementação de uma política global de eficiência energética em edificações existentes e a aceleração do conceito de edificações novas net zero Energy – reduziria as 82 GTon de CO2 até 2050, o necessário para manter o aquecimento em até 2ºC. Como a Trane pode auxiliar estas edificações?

A Ingersoll Rand fornece alguns dos sistemas HVAC mais confiáveis e eficientes do setor e os vincula a soluções de gerenciamento de energia conectadas para maximizar as reduções de longo prazo no consumo de energia. Embora nossas soluções possam ajudar edifícios novos e existentes a reduzir seu consumo de energia em uma base individual, levará maior aceitação do mercado de eficiência energética em edifícios para alcançar as metas estabelecidas na COP21. Uma maneira de conseguir isso pode ser através da implementação de um código obrigatório de energia de construção, como a norma ASHRAE 90.1, que estabelece requisitos mínimos de eficiência para não apenas HVAC, mas também para a iluminação e estrutura do edifício. O código percorreu um longo caminho – edifícios projetados para ASHRAE Standard 90.1-2013 são aproximadamente 50% mais eficientes do que quando o código foi lançado pela primeira vez em 1975 – e novas versões estão começando a conta para a geração de energia renovável local que pode pavimentar o caminho para os edifícios ZNE.

 

2 – Os anos de 2015 e 2016 foram de dificuldades no Brasil, tivemos muitas mudanças e incertezas, desafios econômicos e políticos na esfera pública e consequentemente refletiu no ambiente privado. Quais são os planos da Trane para 2017, qual seria o foco de atuação?

De fato, os últimos dois anos têm sido desafiadores para o mercado brasileiro, mas essas dificuldades trouxeram oportunidades para otimizar processos em busca de excelência operacional e maior competitividade. No caso da Trane, não foi diferente, nós trabalhamos em vários projetos na cadeia de valor para adaptar a realidade de um mercado recessivo muito competitivo, investindo em nossas pessoas e processos. Acreditamos que as ações que implementamos nos últimos dois anos nos posicionaram para continuar aumentando a nossa participação de mercado, servindo nossos clientes em todo o Brasil.

Entendemos que o mercado brasileiro oferecerá diversas oportunidades em nichos específicos, não só no que diz respeito à venda de equipamentos para novos edifícios, mas também na área de manutenção preventiva e corretiva, substituição de peças e substituição de equipamentos instalados. A Trane está preparada para atender a essas demandas do mercado com seu portfólio completo de soluções climáticas.

 

3 – Além do enfoque relacionado à eficiência energética em Green Building, outra temática latente no mercado mundial é a preocupação da saúde e bem-estar do ocupante relacionada à produtividade. Como a Trane enxerga essa nova demanda e como está se preparando?

Na Trane, definimos edifícios de alto desempenho como mais do que apenas estruturas que seguem certos critérios. É um resultado – que exige uma abordagem holística ao desempenho, ao criar espaços que são confiáveis, seguros, saudáveis, confortáveis ​​e eficientes. Entendemos que os edifícios de alto desempenho ajudam os proprietários e os ocupantes a obterem maior produtividade, ao mesmo tempo em que cumprem seus objetivos de negócios. Para isso, a Trane confia em padrões de projeto e operação que são criados, medidos e continuamente validados para entregar um resultado específico. Tais resultados representam uma estreita colaboração entre a Trane e o cliente, envolvendo uma metodologia única que combina análise financeira, operacional e de energia com ofertas de serviços especializados. Esta metodologia é um “edifício inteiro – abordagem de ciclo de vida completo”, que reconhece que o projeto inicial e construção compreendem apenas cerca de 4 a 5% dos custos de ciclo de vida de um edifício típico, enquanto operações e manutenção representam até 85%.

Diante do fato de que mesmo os edifícios mais bem concebidos e construídos deterioram-se ao longo do tempo, a Trane acredita que uma estratégia de serviço eficaz, que está estreitamente alinhada com a missão de construção, é essencial para qualquer resultado de construção de alto desempenho. Trane oferece um conjunto de serviços projetados para atender as necessidades de qualquer organização que ajudará a garantir a saúde e o bem-estar dos funcionários, além de apoiar a produtividade da força de trabalho. Desde a validação da instalação e desempenho de equipamentos até a manutenção de rotina programada e soluções de desempenho energético, a Trane pode personalizar um contrato de serviço para ajudar os clientes e seus funcionários a realizar sua missão de negócios através do desempenho de seus sistemas de construção.

 

4 – A ferramenta lançada na GreenBuild em Los Angeles denominada ARC possui como um dos objetivos alavancar a Certificação LEED O+M, bem como desenvolver a plataforma global de benchmark. Quais as oportunidades para o mercado de LEED O+M e empreendimentos existentes?

Entendemos que a demanda global por práticas de negócios sustentáveis ​​e ambientes sustentáveis ​​tem crescido dramaticamente. Os clientes esperam que as empresas com as quais trabalham permaneçam agressivamente comprometidas com a sustentabilidade, não apenas como um gesto de responsabilidade social corporativa, mas também como uma articulação de sua abordagem voltada para o futuro e voltada para o futuro do negócio ao longo do tempo. A Trane ajuda as organizações a alcançar sua missão de construção, além de ajudá-las a alcançar seus objetivos de maior eficiência energética – agora e para as futuras gerações.

Os gerentes de construção hoje equilibram restrições orçamentárias flutuantes, mudando regulamentos e aumentando as demandas de conforto dos ocupantes dos prédios. Agora vivemos em um mundo de retorno instantâneo, que está mudando a forma como os edifícios são gerenciados. Devido a esta realidade emergente, fazer os investimentos certos nas instalações é fundamental. A Trane possui a mais recente tecnologia e experiência em sistemas de gerenciamento de energia e construção que ajudam os gerentes de instalações a otimizar seus edifícios para reduzir o uso de energia, reduzir o desperdício, melhorar a confiabilidade do sistema e reduzir o impacto ambiental de seus edifícios. Combinamos uma experiência essencial na construção de sistemas e serviços com tecnologia e análise avançada para oferecer aos clientes soluções inovadoras que possibilitem a melhoria operacional. Nossos avançados sistemas de gerenciamento de edifícios são projetados para fornecer coordenação e controle otimizados de HVAC e outros sistemas, ajudando os gerentes de construção gerenciar de forma mais fácil e eficiente os sistemas de construção e, mais importante, melhorar seus resultados. O setor de eficiência energética da (Trane Energy Services) fornece um conjunto abrangente de soluções de gerenciamento de energia que alavancam o monitoramento, análise, alertas, relatórios e visualização de dados de informações de sistemas de energia e construção, o que dá aos construtores uma poderosa ferramenta para atender aos objetivos de sustentabilidade e negócios.

 

5 – Para finalizar, fique à vontade para deixar sua mensagem aos leitores do Blog do GBC Brasil

Continuamos comprometidos com o mercado brasileiro. Este mercado desempenha um papel extremamente importante no sucesso das operações corporativas na América Latina. A expectativa de uma recuperação gradual da economia brasileira nos próximos anos, baseada em ações voltadas para políticas fiscais e redução do desemprego, aumentará o poder de compra e será crucial para que as empresas retomem suas trajetórias de crescimento local. A Trane acredita no potencial do mercado brasileiro e está preparada para atender às demandas deste mercado, investindo em pessoas e processos para responder de forma diferenciada aos nossos clientes.

 

 

A Ingersoll Rand/Trane é Membro do GBC Brasil. Conheça a empresa clicando aqui. 

 

 

Maria Blase é Presidente de HVAC e Transportes da Ingersoll Rand para a América Latina, sendo totalmente responsável pela estratégia, operações e desempenho dos negócios das empresas Trane e Thermo King na América Latina. Formada em Contabilidade e possui MBA pela Universidade de Illinois – EUA; é fluente em inglês e espanhol e possui os títulos de Contadora Pública Certificada (CPA) e Perita Contadora em Gestão (CMA).  Iniciou sua experiência profissional como Contabilista Pública Certificada na Argentina.

 

 

Leia também:

Deixe uma resposta